Inteligência artificial e embalagens inteligentes

Inteligência artificial e embalagens inteligentes

A indústria de alimentos está constantemente em busca de soluções inovadoras para enfrentar os desafios relacionados à conservação e à rastreabilidade dos produtos. Sendo assim, a tecnologia é uma poderosa aliada para consumidores e varejistas. Com Inteligência Artificial (IA), é possível garantir maior preservação dos alimentos e fornecer informações mais transparentes sobre o estado de conservação do conteúdo das embalagens.

Atualmente, o mercado de embalagens inteligentes está em amplo crescimento, e deve atingir o valor de US$ 26,7 bilhões até 2024. Neste artigo, você vai saber mais sobre como essa tecnologia pode revolucionar a indústria alimentícia.

Como a Inteligência Artificial otimiza a conservação dos alimentos

Primeiramente, com tecnologias que podem informar as condições reais do produto ou do ambiente em que se encontra, as embalagens inteligentes são capazes de indicar diversas variáveis. Desde a qualidade do alimento, se já está vencido e até mesmo mudanças na luminosidade do local de armazenamento.

Geralmente, esse tipo de embalagem costuma utilizar sensores como monitores químicos e de pH para detectar umidade, gases e outros indicadores de qualidade.

Além de que, o desenvolvimento de tecnologias como embalagens inteligentes é também uma forma de contribuir para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Os ODS são metas globais definidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2015 e que devem ser atingidas até 2030. Ou seja, o foco é erradicar a fome e a pobreza extrema, proteger o meio ambiente, oferecer educação de qualidade a todos e promover a paz.

O ODS 2, que fala sobre Fome Zero e Agricultura Sustentável, tem tudo a ver com Inteligência Artificial. Bem como, sistemas inteligentes, que geram informações precisas em tempo real sobre os produtos, são úteis. Então, não apenas para que o consumidor saiba o estado exato de conservação do alimento, mas também para toda a cadeia produtiva da indústria de alimentos e inclui transporte e armazenamento.

Simultaneamente, nos supermercados, compras por delivery e em outros pontos de venda, é possível que os varejistas tenham mais controle sobre o estoque. Por exemplo, posicionando os alimentos na gôndola no melhor momento para que sejam consumidos — e retirá-los se já estiverem “passando do ponto”.

Isso ajuda a reduzir o desperdício e a garantir que os consumidores levem para casa um produto em seu melhor estado, o que se relaciona com o ODS 3, Saúde e Bem-Estar, já que garante um alimento seguro.

Rastreabilidade aprimorada: da produção ao consumo

Por meio de sistemas inteligentes, além de conservação dos alimentos, é possível adotar um modelo de rastreamento eficiente e confiável. A rastreabilidade dos alimentos é essencial para manter o controle sobre a origem e o destino dos produtos. Isso acontece, utilizando um código único que pode ser acessado a qualquer momento, fornecendo informações atualizadas para toda a cadeia produtiva.

Portanto, com dados como data de produção, origem, condições de transporte e de armazenamento, bem como as características nutricionais e certificados de qualidade, tanto a indústria como os consumidores podem saber mais sobre o produto. No Brasil, existem leis que regem a rastreabilidade dos produtos, de modo a prezar pela saúde da população.

Conclusão

Embora a Inteligência Artificial e as embalagens inteligentes ainda estejam dando os primeiros passos no Brasil, as pesquisas sobre o tema vêm crescendo nos últimos anos, e há interesse em desenvolver itens mais eficientes para a conservação e rastreabilidade dos alimentos.

Afinal, as embalagens inteligentes trazem vantagens para todos os envolvidos. Utilizando Inteligência Artificial, as empresas da indústria alimentícia podem oferecer produtos com mais transparência sobre o nível de conservação e facilitar a coleta de lotes que possam estar contaminados.

Da mesma forma, pontos de venda também se beneficiam dessa tecnologia, especialmente em termos de gerenciamento de armazenamento e estoque, o que impacta diretamente na redução do desperdício.

E se você deseja contar com embalagens inteligentes, acesse o site da Apack e conheça os nossos produtos. Clique aqui e faça o seu orçamento!

 

Fonte: Ifood News

One thought on “Inteligência artificial e embalagens inteligentes

  1. Eduardo Salles says:

    As possibilidades nesta área são infinitas. O uso de QRCodes (por exemplo) serializados (preferencialmente de forma aleatória e alfanumérica) levando a páginas web inteligentes que podem adicionar lembretes da data de vencimento aos calendários pessoais dos consumidores é uma forma bastante simples e poderosa de tornar útil a aplicação de embalagens inteligentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Este site usa cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.