A Milliken, empresa global de especialidades químicas, divulgou uma pesquisa realizada com mais de 100 consumidores que indica que eles estão dispostos a pagar até US$ 0,15 a mais por alimentos frescos em embalagens plásticas transparentes que possam ser levadas ao micro-ondas.

Em relação aos varejistas, essas características aumentam a percepção positiva sobre eles, pois uma visão clara e bem apresentada de saladas, sanduíches, entradas, frango assado e afins indica que eles respeitam e entendem seu público e não estão tentando “esconder” nada por meio de embalagens opacas. A possibilidade de levar ao micro-ondas agrega conveniência.

O estudo também aponta que os varejistas estão buscando igualar suas ofertas de alimentos frescos com as dos estabelecimentos tradicionais de food service, pois os supermercados estão sendo frequentados como restaurantes que oferecem comida para viagem. Os compradores acham que refeições prontas de supermercados são frequentemente mais baratas e a transparência nas embalagens garante que o produto é de igual qualidade.

No Brasil, a Milliken tem promovido as embalagens termoformadas em PP (polipropileno) de alta transparência em feiras, congressos e também no 4º Fórum de Inovação organizado pela empresa.

(Fonte: 2PRÓ Comunicação) 

👉 Acesse nosso blog e confira outros artigos: www.apack.com.br